Você ama o que você faz?

Segundo pesquisas, cerca de 70% das pessoas fazem o que não gostam e estão insatisfeitas com o seu trabalho. Não é difícil percebermos isso, pois se prestarmos atenção, conhecemos muitas pessoas que reclamam do trabalho, sendo eles colegas, amigos ou até mesmo familiares.

Há vários motivos para essa insatisfação, mas o principal deles é que as pessoas acabam sendo limitadas pela sociedade, pelos próprios familiares ou pela ambição e esquecem seus próprios interesses, focando apenas em uma profissão que “dê dinheiro”. Na maioria das vezes não damos atenção para essa infelicidade, mas é preciso estar atento, pois estar infeliz no trabalho pode trazer sérios problemas, comprometendo a sua saúde e afetando a sua vida pessoal.

Deixar o tempo passar sem fazer alguma mudança nos coloca em um ciclo vicioso e tudo parece dar errado. Às vezes parece que temos que passar por um processo muito longo, no qual não nos identificamos, para poder mudar de profissão com uma desculpa socialmente aceita para todos. Mas isso não é verdade, podemos tomar nossas próprias decisões de acordo com os nossos desejos.

Lembrem-se do que Confucio nos ensinou: “Quem escolhe um trabalho que ama, não terá que trabalhar um único dia em sua vida”.


Amanda Lobo | Psicóloga
Site|Facebook | Instagram amanda.plobo@gmail.com
Terapia Cognitivo-Comportamental, Avaliação Neuropsicológica e Autismo.
CRP-04/50160

Anúncios