Faça seu melhor!

Motivar a si mesmo é diferente de cobrar a si mesmo. Na autocobrança, haverá sentimentos de culpa e frustração por não alcançar os resultados desejados, diferentemente da motivação. Quando uma pessoa define as suas obrigações em termos muito rígidos a pressão pode ser muito grande, e assim o sentimento de fracasso pode ocorrer mais facilmente. Alguns exemplos de autocobrança excessiva são:

1) Você não consegue fazer algo que considera obrigação mesmo que não seja.

2) No passado aconteceu algo que te deixou magoado e você ainda sente raiva.

3) Alguém teve mais realizações e você acha que deveria ser igual ou melhor.

Por isso, antes de idealizarmos o que acreditamos ser uma obrigação, é essencial conhecermos nossos limites. Quando diminuímos a auto cobrança, o estresse também diminui e consequentemente a produtividade aumenta, assim começamos a valorizar o que conquistamos e nos sentimos mais motivados.


Amanda Lobo | Psicóloga
Site|Facebook | Instagram amanda.plobo@gmail.com
Terapia Cognitivo-Comportamental, Avaliação Neuropsicológica e Autismo.
CRP-04/50160

Anúncios